15-Out

Atividade física reduz risco de câncer de mama, próstata e colorretal

Atividade física reduz risco de câncer de mama, próstata e colorretal

Atividade física é essencial para uma vida saudável. E com ela, evitam-se problemas circulatórios, auxilia na eliminação de peso e na criação de massa magra, melhora o condicionamento físico e mental e agora ajuda na prevenção de doenças como o câncer.

Segundo o oncologista Thierry Bouillet, a atividade física reduz 50% de risco do retorno do câncer de mama, próstata e colorretal. O médico é fundador da Cami, (Câncer, Artes Marciais e Informação), que usa exercícios no combate ao câncer.

Afirma que os três tipos mais sensíveis a atividade física segundo estudos são o câncer de mama, (como evidenciam oito estudos), o colorretal (três) e o de próstata (dois). Porém o exercício tem que ser intenso. Por exemplo, para a mulher no caso do câncer de mama é necessário pelo menos de 3 horas de caminhada intensa semanalmente.

Para os outros dois tipos da doença são precisos mais horas de atividade.

"A insulina, os estrógenos e a leptina, que são fatores de crescimento do câncer, só baixam a partir de certo nível de intensidade", que não é o mesmo para os três tipos de câncer, afirmou Bouillet.

Nada de pressa na hora das prevenções, são necessários de 6 a 12 meses de atividade intensa para obter resultado. Mas lembre-se: sempre é necessário o acompanhamento de um profissional.